Filhote Beethoven Neto II e personagens da Disney são atrações preparadas pelo Giovannetti Cambuí para o Dia das Crianças

Oficinas de maquiagem e de esculturas com bexigas, show de mágica e distribuição de sacolinhas surpresa também fazem parte da programação especial

 
O domingo, 12 de outubro, será repleto de atrações para as crianças no Giovannetti Cambuí, em Campinas. A casa estará enfeitada com balões coloridos e durante toda a tarde uma vasta programação gratuita contemplará crianças de todas as idades, com oficinas de maquiagem, esculturas com bexigas, show de mágica e distribuição de sacolinhas surpresa contendo balas, pirulitos, chicletes e chocolates, entre outras guloseimas. Uma das mais aguardadas atrações será o cão São Bernardo Beethoven Neto II, de apenas cinco meses, que fará sua estreia oficial como mascote da unidade. Ainda em fase de treinamento, o fofo filhote que já pesa 28 quilos e tem muita disposição, visitará a casa às 13 horas. O endereço do Giovannetti Cambuí é Rua Padre Vieira, 1277, Cambuí.
 
Durante a programação do Dia das Crianças haverá também distribuição de pipoca e algodão doce e, a partir das 12 horas, as atividades realizadas no espaço de recreação Cantinho do Beethoven e na cama elástica – ambas atrações permanentes da casa – serão comandadas por um time de monitores. Às 14h40 o mágico Felix fará uma apresentação e, em seguida, personagens Disney circularão pelo Giovannetti Cambuí para interagir com as crianças e posar para fotos.
 
Serviço:
 
Dia das Crianças no Giovannetti Cambuí
Local: Rua Padre Vieira, 1277, Cambuí. Campinas, SP. Telefone: (19) 3234.9510
Horário da recreação infantil: das 12h às 16h e das 18h às 22h
Preço: gratuito
Idade para participar da recreação infantil: 02 até 10 anos (crianças menores de 02 anos somente acompanhadas pelos pais)
 
Sobre a tradição das mascotes Beethoven
 
A tradição de manter como mascote um cão São Bernardo começou como uma brincadeira em 1997. Um dos sócios do Grupo 15 – detentor da marca Giovannetti – comprou um filhote da raça São Bernardo em São Paulo e o trouxe para Campinas. O cão ganhou o nome de Beethoven, inspirado no filme Beethoven, o magnífico, de 1992. No início alguns gerentes o levavam para casa à noite e na manhã seguinte o traziam de volta ao bar. Dessa forma, desde os quatro meses de idade Beethoven (avô) foi criado no Giovannetti Cambuí. Mas com o passar do tempo, houve a necessidade de acomodar o animal em um espaço mais adequado e confortável e ele passou a morar na Sede & Dog, em Monte Mor.
 
Mesmo morando em outra cidade, Beethoven era levado por seu adestrador, Aniceto Pinheiro, para passear nas unidades Cambuí e Parque D. Pedro, no início da noite, de terça a sábado, levando alegria a crianças e adultos. Extremamente dócil e adestrado, circulava por entre as mesas sem, no entanto, abocanhar os sanduíches, porções ou outros pedidos da clientela. Sua única “exigência” era lamber uma barra de gelo sempre que chegava ao “trabalho”.
 
Sua fama conquistou não só os clientes do local como a mídia. Beethoven participou de programas de TV de abrangência nacional, como o da apresentadora Adriane Galisteu e de Luiza Brunnet, além de ter mais de 70 mil fotografias espalhadas entre seus fãs. Por noite, mais de 40 pessoas posavam para fotos ao lado do cachorro astro.
 
Beethoven ficou tão famoso que ganhou até um sanduíche com seu nome no cardápio: hambúrguer acompanhado de batatas frita. Além disso, sua imagem passou a estampar uma linha de produtos vendidos nas unidades da choperia. Dentre as camisetas da marca Giovannetti, as do Beethoven correspondiam a 35% das vendas. Canecas e até mesmo uma linha de bonés foi lançada em comemoração ao famoso cão.
 
Em 2010, Beethoven se aposentou e faleceu dois anos depois. Seu filho Junior, então com um ano de idade e que desde 2009 passava por adestramento, assumiu o posto de mascote, mantendo todas as características de seu pai: brincalhão, obediente e com predileção pela barra de gelo. E assim foi até maio deste ano (2014), quando Beethoven Junior faleceu vítima de um acidente de carro.
 
Foi então que seu filho Beethoven Neto, nascido em 2010 e que há três anos visitava diariamente a unidade Giovannetti Parque D. Pedro, passou a ser o única mascote da marca. De temperamento mais calmo que seus antecessores, mas herdeiro de toda fofura da família, ele atualmente passeia tanto pela casa do D. Pedro como pela do Cambuí, enquanto seu irmão mais novo, Neto II, se prepara para perpetuar a tradição. Aos cinco meses de idade, e já pesando 28 quilos, o caçula demonstra algumas peculiaridades: é mais inquieto e curioso que seu pai e seu avô.
 
De acordo com o adestrador da linhagem Beethoven, Aniceto Pinheiro, os cães Beethoven têm uma rotina de atividades seguida à risca. Todos os dias eles têm 30 minutos de adestramento. Na Sede & Dog, onde moram, realizam caminhadas e recebem muitas mordomias. A chácara possui 7,2 mil metros quadrados, sendo 4 mil metros quadrados de grama, onde os cães são soltos diariamente, pela manhã e no final da tarde. Eles contam também, com uma piscina e uma esteira para se exercitarem. Os Beethoven têm ainda uma sala especial climatizada com ar condicionado, para os dias de calor intenso.
 
Como toda a família sempre foi bastante requisitada para participação em eventos da comunidade como caminhadas e visitas a escolas e às casas Giovannetti, os cuidados são redobrados. Eles precisam ser extremamente saudáveis porque ficam em contato direto com muitas pessoas e a carteira de vacinação deve sempre estar em dia. Os cães – desde o primeiro da linhagem – são escovados diariamente, tomam banho uma vez por semana e o cuidado com carrapatos e pulgas é redobrado.
 
Ficha pessoal:
 
Beethoven Neto

Idade: nasceu em 3 de junho de 2010

Signo: gêmeos

Residência: Sede & Dog

Características: dócil e brincalhão

Atualmente circula pelo Giovannetti D. Pedro e desde o falecimento de seu pai também pela unidade Cambuí. Em breve será fixo da unidade D. Pedro.
 
Beethoven Neto II

Idade: nasceu dia 03 de maio de 2014

Signo: touro

Residência: Sede & Dog

Características: inquieto, curioso e brincalhão

Atualmente passa por treinamento de comportamento de ambiente (diariamente). Em 12 de outubro de 2014 inicia as visitas ao Giovannetti Cambuí.
 
A história da raça
 
A origem do São Bernardo é controversa. São inúmeras as teorias, sendo uma delas a de que o cão Grande Tibetano, robusto e bastante parecido com o atual São Bernardo, surgiu na Assíria no ano 2000  a.c. e que os Gauleses os levaram para a Suíça no ano 280 a.c. Há quem diga que  o Grande Tibetano chegou à Grécia e à Macedônia levado pelos Fenícios, onde foram  chamados “molossos” (da região grega da Molósia), passando para Roma e sendo utilizados em acampamentos à caminho de montanhas para a conquista da Suíça. Os romanos teriam chegado aos alpes suíços através do caminho do cão e  criado um refúgio para suas tropas ao lado do mosteiro de São Bernardo, fundado pelo monge Bernardo de Menthon, situado a mais de 2500 metros de altitude.
 
Os monges que ali viviam davam amparo aos viajantes, pois havia grandes tempestades de neve que dificultavam a passagem entre a Suíça e a Itália. Diz-se que os monges iniciaram a criação de cães imponentes com fino olfato, resistência e excelente sentido de orientação, que os ajudavam em suas tarefas, inclusive nos salvamentos dos peregrinos que viajavam por aquela região inóspita. É provável que o cruzamento do Grande Tibetano com cães como o Bouviers da Suíça, com uma espécie de Mastin, com o Terranova e o Mastiff – este dois últimos com pelos mais longos – tenha dado origem ao atual São Bernardo. A presença de cães no Albergue do Grande São Bernardo é confirmada por documentos iconográficos que datam de 1695 e por uma nota nas atas do albergue, do ano de 1707.
 
De acordo com a história, o São Bernardo tornou-se famoso em 1800. Em maio desse ano, o exército de Bonaparte, que marchava sobre Marengo, na Itália, teria atravessado o desfiladeiro sem perder nenhum dos seus quarenta mil homens graças aos São Bernardos. Foi nesse mesmo ano que nasceu Barry, o mais ilustre de todos os São Bernardos, que, segundo consta, teria salvado mais de 40 pessoas. No Cimetière des Chiens, próximo a Paris, há um monumento ao cão herói e seu corpo está preservado no Museu de História Natural em Berna.

Venda de sanduíche famoso ajuda entidades assistenciais de Campinas

Dia do Psicodélico ocorre no sábado, 25 de outubro, nas unidades Giovannetti

 

O sanduíche Psicodélico é o protagonista de uma ação social em prol da Creche Bento Quirino e da Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia, a ser realizada no sábado, 25 de outubro, nas casas do Grupo Giovannetti – Rosário, Cambuí e Parque D. Pedro Shopping, em Campinas. Os 500 convites da campanha já estão à venda nas duas entidades e nas unidades Giovannetti ao preço de R$ 40,00 e dão direito a um Psicodélico, dois chopes ou dois refrigerantes e uma taça simples de sorvete (uma bola). Informações podem ser obtidas pelos telefones 19.3231.2831, 19.3232.7149, 19.3231.2830, 19.3234.9510 e 19.3209.1641.

 

Cinquenta por cento de cada convite vendido serão doados para as instituições participantes. A gerente de marketing e eventos do Giovannetti, Karina Nascimento, explica que os convites poderão ser utilizados até o dia 31 de outubro nas casas do grupo.

 

O Dia do Psicodélico foi criado em 2001 e desde então já passou por reformulações em seu formato e beneficiou ao menos uma dezena de entidades assistenciais de Campinas, como o Movimento Assistencial Espírita (MAE) Maria Rosa, a Associação para o Desenvolvimento dos Autistas em Campinas (ADACAMP), a Associação Maria Porta do Céu, a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), a Toca de Assis, a Associação de Pais e Amigos de Surdos de Campinas (APASCAMP), a Unidade de Apoio Infantil (UAI) do Centro Corsini e o Centro Infantil Boldrini.

 

O Psicodélico é o sanduíche mais popular do Giovannetti.  Em média são vendidas 300 unidades por dia e no período da campanha esse número cresce aproximadamente 35%. Ele foi criado na década de 1960, na unidade Rosário, pelo então chapeiro Moleza que via sobrarem as pontas das peças de frios e teve a ideia de cortá-las em cubinhos e colocá-las no pão francês. Salsichão com picles, salsichão xadrez, mortadela, lombo cozido, salsichão lionês, presunto, rosbife caseiro, queijo mozzarella, tomates e azeitonas são os ingredientes desse saboroso e colorido sanduíche, inicialmente chamado de Nações Unidas e rebatizado Psicodélico em referência às cores vertiginosas propostas pela psicodelia presente no Brasil nos anos 1960/1970.

 

Serviço:

Dia do Psicodélico

Data: 25 de outubro

Preço: R$ 40,00 (sanduíche Psicodélico, dois chopes ou dois refrigerantes e uma bola de sorvete)

Local:

Giovannetti Rosário

Rua General Osório, 1059, Centro, Campinas, SP

Telefone: (19) 3231.2830

Horário: das 08h até o último cliente

Giovannetti Cambuí

Rua Padre Vieira, 1277, Cambuí. Campinas, SP

Telefone: (19) 3234.9510

Horário: das 11h até o último cliente

Giovannetti Parque D. Pedro

Avenida Guilherme Campos, 500, Parque D. Pedro Shopping – Entrada das Águas, Campinas, SP

Telefone: (19) 3209.1641

Horário: das 11h até o último cliente

Entidades beneficiadas: Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia e Creche Bento Quirino

Informações: 19.3231.2831 | 19.3232.7149 | 19.3231.2830 | 19.3234.9510 | 19.3209.1641 | www.giovannetti.com.br